O Oracle Database está velho

O Oracle Database está velho, e no bom sentido.

Em 2019 o Oracle fez 40 anos – a famosa versão 2 (2.3) foi lançada em 1979.
Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Oracle_Database

Quem acompanha este Blog sabe que sou muito crítico DA Oracle, e de defeitos técnicos DO Oracle Database.

Mas não posso negar seu incrível potencial de escalabilidade e conjunto de funcionalidades.

E foi o primeiro banco de dados comercializado. E ele está aí.

O incrível é que ele é o único que é o mesmo a 40 anos. Ele não teve nenhuma grande reescrita ou reengenharia, não trocou de fornecedor, não foi vendido, não foi comprado. Chegou a internet, chegou o Celular. NoSQL. IOT. Cloud. E ele está ai.

É como um velho chato e com dor nas costas, mas surfista, que toca violão e em um Camaro amarelo.

Fonte: https://hpi.de/naumann/projects/rdbms-genealogy.html

Eu costumo dizer que o Oracle não evolui, ele “engorda”. A base dele continua aí, só jogam coisa (e coisas incríveis) “em cima”.

Continua sendo o banco de dados mais popular, mesmo sendo a empresa de banco de dados menos popular (que é dona do 2o banco de dados mais popular).

Fonte: https://db-engines.com/en/ranking_trend

Parabéns, Oracle Database.

2 comments

  1. Acho que estamos ficando velhos também Portilho rsrs
    Será que existe algum ser vivo que trabalhou com a versão 2.3 ? haha

Deixe uma resposta para Adriano Alves Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.