AutoDBMS_SQLTUNE 2.00

Disponibilizo aqui a versão 2.00 do Script AutoDBMS_SQLTUNE.

É um script Perl que olha os N SQLs mais pesados de um Banco de Dados Oracle, e executa o DBMS_SQLTUNE em cada um deles.

New Features:

Não lembro, saí alterando um monte de coisa, e agora a versão chama 2.00.

Pré-requisitos:

  • Oracle Database 10.2.0.1 ou superior.
  • Oracle Database Enterprise Edition, com Diagnostics Pack e Tuning Pack.
  • perl com DBD::Oracle.
  • Um usuário com permissão SYSDBA no banco de dados.

Forma de uso:

perl AutoDBMS_SQLTUNE.pl HOSTNAME SERVICE PORT USERNAME PASSWORD SCHEMA AUTOIMPLEMENT TOPSQL

Exemplo:

perl AutoDBMS_SQLTUNE.pl nerv01 prod 1521 PORTILHO Nerv2008 SOE N 10

Explicando os parâmetros:

HOSTNAME: Coloque aqui o nome do servidor, ou IP.

SERVICE: Coloque o Service que será utilizado para se conectar. Se não sabe qual é, provavelmente é o mesmo nome do Banco de Dados.

PORT: Qual a porta do Listener.

USERNAME: Nome do usuário, que deve ter permissão SYSDBA.

PASSWORD: Bem, é a senha do usuário acima.

SCHEMA: De qual SCHEMA devem ser analisados os SQLs.

AUTOIMPLEMENT: Coloque Y para que o script já implemente todas as melhorias sugeridas, sem perguntar. Coloque N para que a cada meljoria sugerida seja solicitada sua confirmação.

TOP: Quantos SQLs de cada categoria (ELAPSED_TIME, CPU_TIME, DISK_READS, BUFFER_GETS, DIRECT_WRITES, SORTS) devem ser analisados.

O script gera um log onde é executado, com o nome AutoDBMS_SQLTUNE.log

Download

http://nervinformatica.com.br/Downloads/AutoDBMS_SQLTUNE_2.00.pl.zip

Use por sua conta e risco.

4 comments

    1. É pior do que isto. O DBMS_SQLTUNE faz parte do Tuning Pack, que é uma OPTION, ou seja, paga a parte.
      E a Tuning Pack precisa do Diagnostics Pack, que é outra OPTION.

  1. Portilho,
    Primeiramente parabéns pelo seu blog, leio tudo que você escreve.
    Por curiosidade, você escolheu perl pelo fato de ter sempre disponível o binário do oracle_home ou tem outra razão?

    1. Obrigado pelo comentário Heraldo.
      Eu sempre escolho Perl pois é a linguagem que mais conheço, antes eu era programador Perl.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.