A Ressaca do Cloud

“Receita de servidores cresce 33,4% no primeiro trimestre de 2018”.
“O Gartner aponta que as grandes e médias empresas estão investindo em infraestruturas locais e colocation para suportar as necessidades de substituição e crescimento de servidores, mesmo que continuem a investir em soluções de nuvem pública.”
Fonte: https://ipnews.com.br/receita-de-servidores-cresce-334-no-primeiro-trimestre-de-2018-segundo-gartner/

Sabem o que é isso? Empresas desistindo de Cloud. Ou voltando, ou trocando os servidores pois viram que não vão pra Cloud.

E o Oracle Cloud continua em crescimento, mas desacelera cada vez mais: Oracle falls after forecasting slow cloud sales growth

Quando em 2013 só se falava em “vai tudo para a Nuvem”, eu escrevi em Aquela nuvem que passa…: “CPD, Hosting, Data Center, Virtualização, Nuvem: para baixar custos e melhorar o serviço, um foi apresentado como solução do outro. Quando um deles teve que baixar o custo por concorrência, a qualidade caiu, e passou-se para o modelo seguinte. Quando o mesmo acontecer com nuvem, e pipocar nuvem caindo por tudo o que é lado (como acontece hoje com Data Center), muitos “analistas” que escrevem artigos genéricos terão que migrar para outra palavra da moda”.

Como escrevi em Oracle Autonomous Database e a Morte do DBA Oracle, isto era previsível, pois “quanto mais popular Cloud for, a concorrência será no preço (pois é um produto “Commodity” – tanto faz usar desta empresa quanto daquela). Se a concorrência for no preço, é inevitável que a qualidade caia – por exemplo, a empresa de Cloud vai ter que contratar DBAs mais baratos, switches mais baratos, colocar mais VMs do que o hardware aguenta, não colocar um bom sistema contra incêndios… Acho que a tendência é a consolidação nos grandes.”

Agora as palavras da moda são Machine Learning (que fará os humanos desnecessários… alguém pensou em 18c?), e não sei mais o que. “Modas” são boas, o mercado vive delas. Mas os profissionais técnicos precisam saber reconhece-las. Deixe a empolgação (e principalmente o desespero) para o Marketing, Gerentes, e etc.

Aliás, falando sobre Machine Learning, tem muito IF THEN ELSE achando que é o Agente Smith.

Teremos muita infraestrutura em Nuvem, ela tem seus benefícios, mas ela não dominará o mundo.

4 comments

  1. Sempre tive esse mesmo pensamento sobre a Nuvem .
    Todo santo dia a Oracle me manda email marketing oferecendo Cloud e achei engraçado uma contradição :
    “Migre para Oracle Cloud ….
    A grande maioria das aplicações empresariais e infraestrutura ainda permanecem como On Premise.
    A Oracle está na melhor posição em relação aos fornecedores de nuvem para impulsionar os clientes nesta importante jornada.
    Simplifique sua jornada à nuvem com uma abordagem realista.
    Escolha um modelo de implantação que atenda às suas necessidades.
    Suporte uma variedade de aplicações, idiomas, sistemas operacionais e tipos de dados.”

    Aonde que a Oracle está numa melhor posição em matéria de Cloud? rsrs
    A Oracle reconhece que: “A grande maioria das aplicações empresariais e infraestrutura ainda permanecem como On Premise” e ainda continua dando murro em ponta de faca com Cloud ?
    Tem coisas que não dão pra entender mesmo.

    1. Pois é. Em algum artigo eu li que a Oracle possui 3% do mercado de Cloud. Claro que chegou depois, mas não é nova nisso.

      1. É o Larry Ellison pagando pela própria lingua,lá atrás ele dizia que a Cloud era uma moda passageira ,foi tão passageira que acabou obcecado por Cloud.
        Comprar empresas pequenas de Cloud parece ser uma tarefa fácil ,quero ver comprar : 1° Microsoft ,2 º AWS, 3º Saleforce , 4 º SAP , 5°IBM e 6º Google .
        Na verdade se a Oracle comprar uma dessas ai já entra no Top 6 .

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.