Contos da Nerv: O Especialista

Treinamento Oracle RAC.

Ainda era na época que eu tinha paciência: eu perguntava para os alunos onde eles trabalhavam, qual era sua experiência, coisas assim.

Um foi fulminante ao responder: “Eu sou Especialista Oracle RAC. Estou aqui para me atualizar”.

Todos olham para o Especialista. Peço desculpas. Clima de respeito na sala.

Começa a aula.

Eu digo algo como “pessoal, coloquem tudo no “barra”, menos 8GB, que fica para o SWAP, ok?”

O Especialista gira sua cadeira e pergunta sem medo de ser feliz: “o que é SWAP?”

Novamente, todos alunos olham para o Especialista. Os olhares são diferentes desta vez.

Em outro momento, eu via que ele configurava algo em uma máquina, empurrava com os pés a cadeira de rodinhas até a outra máquina, configurava naquela, e voltava, e ia, e voltava, em um ballet bizarro e interminável. Como eu queria terminar aquela turma em três dias, perguntei se ele não achava melhor fazer SSH para a segunda máquina, e configurar tudo de um mesmo lugar, como a maioria faz.

Ele perguntou: “SSH?”

“Sim, ESSE ESSE AGÁ.” E demonstrei a ele como fazer. Ele ficou maravilhado: “Então agora eu estou naquela máquina?”

Acho que esta turma foi na época que eu fazia aos sábados, por três sábados seguidos. Então entre uma aula e outra, um amigo meu me chama no Skype:

“Cara, você está dando aula pra ciclano?”

“Sim! Como você sabe?”

“Cara, para de ensinar coisas pra ele. Ele chega aqui na segunda e quer mudar tudo, hoje quis fazer tal coisa em Produção.”

“Cara, mas eu não falei para fazer isso não, ele entendeu errado.”

“Eu imaginei. O apelido dele aqui é pingado, para não falar café com leite, pois o que ele fala, não vale. Mesmo ganhando bem mais do que eu…”

 

PRÓLOGO

Alguns anos depois, vejo o anúncio de um “congresso” (aqueles onde cada um fala pelo YouTube ou algo assim) de BI.

Adivinhem quem era um dos Palestrantes Especialistas?

As palestras eram online, e vendidas (acho que tínhamos que assinar algo permitindo a venda) pelo organizador depois por alguns milhares de reais.

 

CENA PÓS CRÉDITOS

Me chamam para palestrar neste mesmo evento.

Eu declino e agradeço.

 

SEGUNDA CENA PÓS CRÉDITOS

Acho que alguns cheques do Pingado voltaram. Após inúmeras tentativas de negociação, ele ofereceu para pagar dando aulas na Nerv.

23 comments

    1. Sim você estava Hudson. Eu me lembro que você estava sentado na cadeira de frente para a janela, e o Especialista á sua direita, e me lembro de você virar a cabeça pra olhar ele na hora que ele perguntou.
      Me lembro também de você ter dado um gato na prova. 😀

      1. Exatamente, ele estava sentado de costas para a Janela, mas teve outras perolas que ele soltou no curso, mas o “SWAP” eu nao nunca me esqueci.
        Iii agora nao peguei o que é “dar um gato” ??

        1. É, lembro que ele soltou várias outras pérolas, mas não lembro bem quais. Na do swap meu cérebro já deve ter desligado para o que ele falava.
          “Dar um gato” é “dar um olé”, acho que você não fez a prova por causa do horário do vôo, não foi?

          1. Iiii confundiu agora, eu e o David(Amazonense) fomos os unicos que terminamos a prova sozinhos.
            E eu fui de onibus de ultima hora era carnaval e vagou uma vaga que alguem tinha desistido.

          2. Ah, você está certo. Eu tinha me confundido sim.

  1. Pingado hahahahahaha vou usar esse apelido em muita gente. Gostaria de saber o nome desse cidadão, mas sei que nao vai rolar.

  2. Esse é “especialista” mesmo,isso me fez lembrar de uma mulher numa aula de hardware dizendo para o professor que queria ter a memória RAM ,na cabeça dela a memória RAM era a melhor memória do mundo.
    Segundo ela que com a memória RAM jamais iria esquecer de nada.
    Ri demais disso na hora.

    1. Nesses casos é mais fácil concordar, e rir por dentro, do que tentar convencer o ser.

Deixe uma resposta para Fernando Franquini Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.