Slay: Matando todos os processos de um usuário

O comando slay do Linux tem como função matar todos os processos de um determinado usuário.
Pode ser mais fácil do que procurar por PIDs em um sistema saturado, onde geralmente você só tem alguns segundos para agir.
Não encontrei este comando no Red Hat / CentOS / OEL, só no Ubuntu.

[sudo] password for ricardo:
root@ubuntu01:~# ps aux | grep postgres
postgres   725  0.0  1.8  97860  9548 ?        S    13:13   0:00 /usr/lib/postgresql/9.1/bin/postgres -D /var/lib/postgresql/9.1/main -c config_file=/etc/postgresql/9.1/main/postgresql.conf
postgres   747  0.0  0.3  97860  1676 ?        Ss   13:13   0:00 postgres: writer process
postgres   748  0.0  0.2  97860  1440 ?        Ss   13:13   0:00 postgres: wal writer process
postgres   749  0.0  0.5  98696  2660 ?        Ss   13:13   0:00 postgres: autovacuum launcher process
postgres   750  0.0  0.3  66212  1520 ?        Ss   13:13   0:00 postgres: stats collector process
root      1457  0.0  0.1   7964   908 pts/0    S+   13:19   0:00 grep --color=auto postgres
root@ubuntu01:~# slay postgres
slay: Done.
root@ubuntu01:~# ps aux | grep postgres
root      1469  0.0  0.1   7964   908 pts/0    S+   13:19   0:00 grep --color=auto postgres
root@ubuntu01:~#

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.