Minha abordagem em Oracle Performance Diagnostics & Tuning

Sim, você não vai concordar com alguns itens. Mas funciona.

– Performance de Sistemas Computacionais só pode ser medida em TEMPO.
– Performance Tuning deve ser reativa.
– Performance Tuning deve ter ROI.
– Apenas os maiores gargalos devem ser solucionados.
– O processo deve ser Diagnostics, e depois Tuning.
– Alto consumo de CPU não é um problema.
– O usuário não executa um SQL por prazer.
– O desenvolvedor não deveria saber como fazer um bom SQL.
– Ferramentas Gráficas / Enterprise Manager / Wizards / Automação são bons auxiliares.
– Bancos com bom desempenho devem ser observados.
– Conheça outros RDBMSs: TI não é lugar para paixões.
– Não acredite em nada. Teste.
– Desenvolva um método de convencimento gerencial.

One comment

  1. Concordo, principalmente como ítem que diz que desenvolvedor NÃO deveria saber SQL, pois na verdade ele NUNCA fará um BOM SQL…

    Mas conheço MUITOS usuários que executam SQL por prazer…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.