Antigos Métodos de Oracle Performance Diagnostics & Tuning

Estes logo abaixo são os Métodos de Oracle Performance Diagnostics & Tuning que já vi. Estes métodos podem funcionar. Mas dependem de: experiência, intuição, tempo, sorte, recursos, e são imprecisos.

TOP Tuning

  • Verificar maior consumidor de CPU;
  • Verificar o SQL agressor;
  • Alterar o SQL e esperar que o desempenho melhore;
  • Adicionar Índices e esperar que o desempenho melhore;
  • Se não melhorar, matar a sessão.
  • Se o desempenho não melhorar, voltar ao início.

Checklist Tuning

  • Verificar Sistema Operacional (free / taskmgr / Performance Monitor);
  • Verificar Sistema Operacional (vmstat / taskmgr / Performance Monitor);
  • Verificar Sistema Operacional (iostat / taskmgr / Performance Monitor);
  • Verificar SGA;
  • Verificar PGA;
  • Verificar coleta de estatísticas;
  • Verificar parâmetros do Oracle;
  • Verificar fragmentação de tabelas;
  • Verificar LOCKs;
  • Verificar SQLs que consomem mais recursos;
  • Construir uma teoria baseada nos dados observados;
  • Alterar algo e esperar que o desempenho melhore;
  • Se o desempenho não melhorar, voltar ao início.

Ratios Tuning

  • Verificar Buffer Cache Hit Ratio;
  • Verificar Data Dictionary Hit Ratio;
  • Verificar SQL Cache Hit Ratio;
  • Verificar Library Cache Hit Ratio;
  • Construir uma teoria baseada nos dados observados;
  • Alterar algo (geralmente aumentar) e esperar que o desempenho melhore;
  • Se o desempenho não melhorar, voltar ao início.

KIWI Tuning

  • KIWI = Kill It With Iron;
  • Adicionar Memória RAM;
  • Adicionar CPUs;
  • Melhorar o I/O;
  • Migrar para um Servidor maior;
  • Migrar para RAC;
  • Adicionar Nós no RAC;
  • Pagar a conta, e esperar que o desempenho melhore.
  • Se o desempenho não melhorar, voltar ao início.

Manager Tuning

  • Migrar Banco para outro servidor;
  • Executar Upgrade de Banco de Dados;
  • Executar Upgrade da Aplicação;
  • Executar Upgrade do Middleware;
  • Executar Downgrade de Banco de Dados;
  • Executar Downgrade da Aplicação;
  • Executar Downgrade do Middleware;
  • Juntar Aplicação e Banco de Dados;
  • Separar Aplicação e Banco de Dados;
  • Voltar Backups;
  • Se o desempenho não melhorar, tentar outra coisa, até melhorar.

PAra ver o método correto, clique aqui.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.