DB2 Express-C 9.7.1: Alterações importantes

Foi lançado o primeixo Fix Pack do O DB2 Express-C 9.7, a versão grátis do DB2.

Coloquei as mudanças logo abaixo, e deixei em negrito as que achei mais importantes.

* A opção -file do comando db2rfpen foi reprovada. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Opção -file do Comando db2rfpen Foi Reprovada.
* O processo para desconectar uma partição de dados de uma tabela particionada de dados foi alterado. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Operação de Desconexão para Partições de Dados Foi Alterada.
* Suporte para operações de leitura em bancos de dados de espera de High Availability and Disaster Recovery (HADR). Para obter informações adicionais, consulte FP1: Operações de Leitura São Suportadas em Bancos de Dados de Espera HADR.
* Suporte do DB2 Advanced Copy Services (ACS) para o sistema operacional AIX 6.1. Para obter informações adicionais, consulte FP1: DB2 Advanced Copy Services (ACS) É Suportado no AIX 6.1.
* Existe um novo limite na quantidade de dados varridos durante a criação de um dicionário de compactação para compactação de linha, o que resulta na criação automática de dicionário (ADC) mais rápida. A alocação de memória que ocorre durante a ADC nas tabelas particionadas do intervalo também foi melhorada. Para obter informações adicionais, consulte FP1: A Criação do Dicionário de Compactação Foi Melhorada.
* Suporte à data mencionada para alguns objetos, o que ajuda a entender quando eles foram usados pela última vez. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Última Data Mencionada Está Disponível para Tabelas, Partições de Tabela, Índices e Pacotes.
* A função escalar SUBSTRB, que retorna uma subcadeia de uma cadeia. Para obter mais informações, consulte Função escalar SUBSTRB.
* As funções definidas pelo usuário compiladas com os parâmetros OUT e INOUT são suportadas em SQL PL. Para obter mais informações, consulte A Funcionalidade SQL PL Foi Estendida para Funções Definidas pelo Usuário.
* As designações de variáveis globais em contextos aninhados são suportadas. Para obter informações adicionais, consulte FP1: As Designações de Variáveis Globais em Contextos Aninhados São Suportadas.
* Os parâmetros OUT e INOUT são suportados nas funções definidas pelo usuário. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Funções Definidas pelo Usuário Suportam Parâmetros OUT e INOUT.
* Suporte para funções PL/SQL que modificam o banco de dados. Para obter mais informações, consulte Instrução CREATE FUNCTION (PL/SQL).
* O IBM® Data Server Provider for .NET inclui múltiplos aprimoramentos. Para obter informações adicionais, consulte IBM Data Server Provider para .NET Foi Aprimorado.
* O comando db2pd tem um novo parâmetro que facilita a coleta das informações do histórico de rotinas protegidas. Para obter informações adicionais, consulte FP1: As Informações do Histórico de Rotinas Protegidas São Mais Fáceis de Coletar.
* O compilador DB2 PL/SQL suporta a sintaxe FORALL e BULK COLLECT INTO. Para obter mais informações, consulte Instrução FORALL (PL/SQL) e Cláusula BULK COLLECT INTO (PL/SQL).
* É possível usar as novas funções XQuery para recuperar os valores atuais de data e hora usando o fuso horário local do sistema de banco de dados DB2. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Funções XQuery Facilitam a Recuperação de Valores de Data e Hora para Fusos Horários Locais.
* O parâmetro de configuração do gerenciador de banco de dados diagpath tem novas valores, que permitem armazenar dados diagnósticos do DB2 em diretórios separados, denominados de acordo com o host físico, a partição de banco de dados ou ambos. O comando db2diag também tem um novo parâmetro -merge para mesclar múltiplos arquivos de log db2diag. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Dados Diagnósticos Podem Ser Armazenados em Diretórios Separados.
* O novo monitor de eventos de cache do pacote captura informações sobre entradas de instruções armazenadas em cache depois de terem sido descarregadas do cache do pacote de banco de dados, o que poderá ajudar a resolver problemas de desempenho da consulta SQL e questões de determinação de problema. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Novo Monitor de Eventos para Instruções SQL Dinâmicas e Estáticas no Cache do Pacote.
* As novas interfaces de monitoramento relacional relacionadas ao bloqueio substituem as interfaces de captura instantânea reprovadas. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Novas Interfaces de Monitoramento Relacional para Eventos de Bloqueio.
* As estatísticas de tempo de execução estão disponíveis para operadores de plano de acesso. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Explicação Aprimorada com Valores Reais para Cardinalidade do Operador.
* A funcionalidade de explicação da seção captura informações explicativas sobre uma instrução que usa apenas o conteúdo da seção de tempo de execução. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Instruções de uma Seção de Tempo de Execução Podem Ser Explicadas.
* Novos elementos de monitor de tempo de componente podem ser combinados com elementos de monitor de tempos de espera existentes, fornecidos no DB2 Versão 9.7, para fornecer uma lista expandida detalhada abrangente de tempo gasto dentro do gerenciador do banco de dados DB2. Para obter informações adicionais, consulte Os Elementos de Monitor de Tempo Gasto São Mais Abrangentes.
* Elementos de monitor de tempo, relatados em documentos XML, podem ser exibidos e analisados de um modo genérico usando novas funções de formatação baseadas em linha. Para obter informações adicionais, consulte FP1: As Funções de Tabela para Formatação Baseada em Linha de Informações de Monitoramento Estão Disponíveis.
* Informações de cache do pacote podem ser recuperadas em formato XMLO usando uma nova função da tabela de detalhes de cache do pacote. Para obter mais informações, consulte MON_GET_PKG_CACHE_STMT_DETAILS.
* Novas visualizações administrativas encapsulam consultas-chave usando as novas funções de tabela de monitoramento apresentadas no DB2 Versão 9.7 e V9.7 Fix Pack 1. Para obter mais informações, consulte FP1: As Informações de Funções da Tabela de Monitoramento Podem Ser Vistas Usando as Visualizações Administrativas.
* Uma lista de pacotes usados em cada unidade de trabalho pode ser obtida pelo monitor de eventos da unidade de trabalho. Para obter informações adicionais, consulte Um Novo Monitor de Eventos de Unidade de Trabalho Suporta o Monitoramento de Transações.
* Reorganização de dados ou índices para uma partição de dados específica de uma tabela particionada por dados. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Partições de Dados e Índices Particionados Podem Ser Reorganizados.
* Uma tabela particionada permanece disponível durante as operações de desvinculação. Para obter uma tabela particionada, uma operação de desvinculação não coloca mais a tabela off-line. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Dados de Tabela Particionada Permanecem Disponíveis durante as Operações de Desvinculação.
* Os índices de bloco de cluster multidimensional (MDC) são particionados ao criar uma tabela que usa MDC e particionamento de tabela. Para obter informações adicionais, consulte Índices Particionados em Tabelas Particionadas Aumentam o Desempenho.
* Estatísticas de distribuição são coletadas para índices sobre dados XML. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Estatísticas de Distribuição Coletadas para Colunas XML.
* O procedimento ADMIN_MOVE_TABLE tem novas opções que impedem a sobrecarga de bloqueio na tabela de destino durante as fases de cópia e troca e melhoram as velocidades de movimentação de dados. Para obter informações adicionais, consulte Os Dados da Tabela Podem Ser Movidos On-line Utilizando um Novo Procedimento Armazenado.
* Palavras-chave adicionais podem ser incluídas no arquivo de configuração do comando db2relocatedb que facilita a relocalização de um banco de dados quando os caminhos usados são diferentes. Para obter informações adicionais, consulte FP1: A Relocalização de Bancos de Dados Usando o Comando db2relocatedb Foi Melhorada.
* Novas rotinas, visualizações e módulos para monitoramento, gerenciamento de carga de trabalho e instruções explicativas foram incluídos e algumas rotinas foram alteradas. Para obter informações adicionais, consulte Algumas Visualizações do Catálogo do Sistema, Rotinas Administrativas Definidas pelo Sistema e Visualizações Foram Incluídas e Alteradas.
* É possível monitorar o progresso do comando RUNSTATS, bem como as reorganizações de tabelas e índices. Para obter informações adicionais, consulte Informações Adicionais de Monitoramento do Sistema Podem Ser Geradas.
* O LDAP transparente é suportado nos sistemas operacionais Linux®, HP-UX e Solaris. Para obter informações adicionais, consulte FP1: A Autenticação de LDAP e a Consulta de Grupo Transparentes São Suportadas (Linux e UNIX).
* As bibliotecas GSKit de 32 bits agora são instaladas automaticamente. Para obter informações adicionais, consulte FP1: Bibliotecas GSKit de 32 Bits Estão Incluídas na Instalação do Produto DB2 de 64 Bits.
* Suporte adicional é fornecido para o conjunto de códigos GB18030. Para obter informações adicionais, consulte FP1: O Suporte ao Conjunto de Códigos GB18030 Foi Estendido.
* Os produtos do banco de dados DB2 instalados em sistemas operacionais HP-UX agora suportam nomes de host longos. Para obter mais informações, consulte Requisitos de Instalação para Servidores DB2 e Clientes do Servidor de Dados IBM (HP-UX).
* Múltiplos conjuntos de resultados agora podem ser retornados de um procedimento de SQL ativando múltiplas instâncias do mesmo cursor. Para obter mais informações, consulte Retornando Conjuntos de Resultados de Procedimentos de SQL.
* A ferramenta db2support inclui novas opções de filtragem que podem ser usadas para reunir dados diagnósticos específicos mais facilmente e uma opção de arquivamento para armazenar arquivos de diagnóstico em um local diferente. Para obter informações adicionais, consulte FP1: A Ferramenta db2support Foi Aprimorada.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.